Siga por e-mail

quinta-feira, 5 de junho de 2008

Mais uma vez parabéns ao tricolor carioca !

Sem jogar um futebol de encantar, looooooonge disso, o Fluminense realizou um feito que ninguém conseguia, desde os tempos de Pelé, eliminar o temido Boca Juniors.

Tá certo que o resultado não mostra bem o que foi o jogo, mas o Flu fez por merecer, e conseguiu vencer por 3 x 1, com gols de Washington, Conca e Dodô. Martín Palermo descontou para o time argentino.
O Tricolor porém, confirmou o que pudemos( pelo menos eu ) perceber desde o jogo contra o São Paulo. O time parece estar contando com a ajuda dos deuses, com sorte de campeão. Contra o tricolor paulista, conseguiu a classificação "chorada"( mas este é um choro bem diferente da conotação que existe no futebol brasileiro hoje em dia, em função de um certo time .... buáááá ) nos acréscimos.
No primeiro jogo contra o Boca, na Argentina, o time arrancou um empate heróico de 2 x 2, com uma partida sensacional de Riquelme pelo Boca, e Fernando Henrique pelo Fluminense. Ontem, Fernando Henrique voltou a ter atuação de destaque, fazendo várias defesas que até ele deve duvidar. Talvez nem no replay ele consiga defender novamente. O Boca partiu pra cima do Flu o tempo todo, e o Flu esperava a hora certa para atacar. Os argentinos perigosamente tomavam conta do jogo, e o Fluminense se encolhia jogando com o regulamento debaixo dos braços, e Fernando Henrique debaixo das traves.
No segundo tempo, após levar o gol, o Fluminense mudou de atitude, e conseguiu melhorar um pouco, jogando com mais inteligência, e foi assim que venceu a partida. Aproveitou os espaços dados pela equipe argentina, e contava com um goleiro inspiradíssimo lá atrás.
O supercampeão Boca Junior sucumbiu ao "desconhecido" (na Argentina) Fluminense, que deverá provalvemente ser o campeão desta ediçao da competição.
Ás vezes, principalmente no futebol, é preciso respeitar seu adversário, por menos informações que você tenha sobre ele, por menos temor que tenha por ele, por mais que você tenha a certeza de que vai ganhar com facilidade. Futebol é uma caixinha de surpresas. É Fácil citar algumas "zebras" que chegaram em finais, muitas vezes em função do salto alto das outras equipes. Vamos lá :
Santo Andre
Paulista
Defensor
América - Mex
Liverpool na final de 81 contra o Flamengo
Milan contra o Liverpool ma final da Champions League
Bayern de Munique contra o Manchester em outra final de Champions
Palmeiras contra o Vasco na final da mercosul.
enfim, parabéns ao Fluminense, representante carioca da nação na copa libertadores e se tudo der certo, este título é do Brasil, mas principalmente do Fluminense.
PS: Nélson Rodrigues deve estar de porre em seu túmulo, em um frenesi sem igual. Se estivesse vivo, com certeza ontem ( e nos próximos dias ) seria um dos momentos mais inspirados do autor. Provavelmente escreveria best sellers, poemas reconhecidos em todo o mundo,tudo por causa de um amor inexplicável, digna de Sobrenatural de Almeida .

Nenhum comentário: