Siga por e-mail

sexta-feira, 4 de julho de 2008

Parece que nem todo mundo aprende a lição!

Demorou apenas dois dias para as primeiras "novas" declarações polêmicas partirem das Laranjeiras. Pra variar, os autores são Thiago Neves e Reinight Gaúcho.

Renato encheu a boca e disse que uma das vagas para a libertadores do próximo ano é do Fluminense. Após o treinamento de hoje nas laranjeiras, o treinador mandou um recado para seus adversários: " Eles que se cuidem" - profetizou o treinador.

O objetivo do clube no momento, é a vaga para a competição continental do ano que vem. O Fluminense ocupa a ÚLTIMA colocação do campeonato brasileiro com 3 pontos. 16 a menos que o líder Flamengo.

"O Fluminense vai buscar no mínimo a vaga na Libertadores e chegar entre os quatro. E não falo da boca para fora. E hoje o Fluminense só tem três pontos. Quem está lá na frente pode se preocupar porque o Fluminense vai brigar. E pode me cobrar. Nunca fui um homem de me esconder. Lá na frente podem me cobrar. O Fluminense vai buscar esta vaga. Uma das vagas será do Fluminense. Eles que corram atrás das outras"- prometeu o treinador.

A declaração no entanto, possui uma informação que não é 100% verdadeira, assim como Renato:

"E pode me cobrar. Nunca fui um homem de me esconder"

Será que ele não lembra das vezes em que prometeu andar nú pelo Rio de Janeiro e não cumpriu com o que foi pedido ? A única promessa "paga" por Renato, e que todos devem se lembrar, foi a de ir ao churrasco de comemoração da vitória por 3 x0 do Flamengo na primeira partida da final do campeonato brasileiro de 82. Na ocasiao, Renato era jogador do Botafogo, e a presença dele no churrasco Flamenguista deu um bafafá danado.

Em um dos raros momentos de lucidez, o treinador admitiu: " O maior problema é levantar a cabeça dos jogadores. Agora é hora de dar moral a eles. Eles sentiram, sim. É normal".

Renato já provou que tem muitas qualidades como técnico, isso é inquestionável. Mas ele precisa parar com essa história de Renato "picão de ouro" e baixar a bola quando for preciso.

Por que no te Callas Renato?

Thiago Neves foi outro que não gostou nem um pouco de saber da felicidade instalada na Gávea. Para ele, faltou respeito e reprovou a atitude dos rubro-negros. Mas pera aí, quem é Thiago Neves para reprovar a atitude de alguém ? Talvez ele não lembre das besteiras que ja fez, como mandar Christian se cuidar pois o Flamengo, segundo ele, ia cair de divisão. Thiago já dançou créu para a torcida do Flamengo e achou tudo normal. Acredito que ele deveria pensar e jogar mais e falar menos. O problema de Thiago Neves na verdade não é nem esse. O Problema de verdade desse rapaz parece ser com papel e caneta. Ele não pode ver um contrato que sai logo assinando... tsc tsc ... vai entender ....


A saga do chororô continua

Desta vez o chororô veio à tona pelo volante carniceiro Túlio, do Botafogo. O jogador disse que torcia para o Fluminense para não ver a alegria que tomou conta dos rubro-negros com a vitória da LDU. O Flamengo parece ser mesmo o trauma deste homem. Até quando não tem nada a ver com a situação, é sempre lembrado por ele. A felicidade do volante só seria completa no dia que ele jogasse pelo clube da Gávea, lá no ano de dois mil e vinte nunca !

Abraço a todos os visitantes!

quinta-feira, 3 de julho de 2008

Quem tudo quer, Nada Têm !







O Fluminense não "aprendeu a lição" e conseguiu perder a final para a LDU. O clube tricolor, assim como a seleção brasileira e o Flamengo, menosprezou seu adversário e entrou confiante de que a vitória era questão de tempo.

Durante a semana da decisão, foram várias declarações partindo das laranjeiras, que mostravam o quão confiantes estavam os tricolores. Ao mesmo tempo, era possivel "ver" um ar de superioridade dos jogadores e principalmente do técnico Reinight Gaúcho. O único que estava preocupado com o clima de oba-oba, era o diretor de futebol, Branco. O ÚNICO.

Seguem aqui algumas frases:


" Se precisar fazer um gol, nós vamos fazer. Se precisar de quatro gols, nós também vamos fazer " Dizia Renato Gaúcho

Na semana passada, ao término da primeira partida, com o resultado de 4 x 2 para a LDU, o meia Thiago Neves afirmou:
" Eu tenho certeza que esse gol que eu fiz foi o gol do título!" Uma prova dessa super confiança
e total menosprezo com o time do Equador.

Renato Gaúcho continuava soltando as suas: " Aposto que o Caio Júnior gostaria de trocar de lugar comigo. A liderança pela final da Libertadores".

Aposto que Caio Jr não gostaria de estar na pele do Renato, não é pessoal ?

Agora essa pergunta deve ser invertida, e Caio Jr deveria perguntar ao Reinight se ele gostaria de trocar uma lanterna pela ponta da tabela.

Não satisfeito, Renato soltou mais uma: " Se o Fluminense for campeão da libertadores, vai brincar no brasileiro!" É brincadeira dele não é ? acho que ele menosprezou tanto a LDU, que não pensou na possibilidade da equipe equatoriana vencer o jogo. E se deu mal. Vamos ver agora o que o Fluminense vai arrumar, quer dizer, de que o Fluminense vai brincar no brasileiro. Acredito que seja esconde-esconde, e no escuro ainda. O tricolor leva uma vantagem nessa brincadeira pois já está com a lanterna na mão.

Pelo lado da LDU, ouvi uma declaraçao do técnico deles, em relação a este clima de oba-oba que cercava o jogo:

" A equipe do Fluminense precisa lembrar que o jogo está 4x2 para nós. Não sei porquê estão tão confiantes. O time deles pode até ser melhor, mas para ganhar este campeonato, eles vão ter que nos matar" - esta é uma declaração que demonstra confiança, sem menosprezar o adversário.


Atitudes como as do Tricolor culminaram na derrota em pleno maracanã, ainda que nos pênaltis. O Fluminense se lançou sem disciplina tática ao ataque, e sofria com os contra-ataques. Confesso que na hora da falta que culminou no 3° gol da equipe carioca eu disse: " Se esse mascarado ( Thiago Neves) fizer o gol, vou torcer para o Fluminense." Não é todo dia que um jogador chama para si a responsabilidade e faz 3 gols. Numa final de Libertadores. Parabéns ao Thiago Neves.

Mas no jogo de ontem, quem se destacou pelo Fluminense foram o lateral incansável Junior César e o super zagueiro Thiago Silva. Os melhores em campo. A decepçao ficou por conta de Washington, que brigava com a bola, e com Conca, de quem sempre se espera mais.

Guerrón, Bolaños e o argentino que comandava o meio campo da LDU foram os destaques equatorianos.

Parabéns também para Cevallos, por algumas defesas durante a partida e pelas cobranças de pênalti.

Ps: Chororô continua vivo no Rio de Janeiro

Logo após o término da partida, o cartola Roberto Horcades culpou o árbitro pela eliminação. O árbitro errou? sim, errou no pênalti não marcado em Washington. Quem garante que caso fosse marcado, seria convertido ? Os bandeirinhas erraram também. Um impedimento mal dado em Cícero, que poderia levar perigo, poderia. O erro crucial da arbitragem foi o gol mal anulado de Bieler, que nao estava impedido. Chamar o juiz de ladrão e culpar a arbitragem, parece uma maneira "inteligente" de omitir os fatos e desviar a atenção por causa da derrota.


Vale lembrar que erros de arbitragens são comuns, e um juiz não rouba, ele erra. E têm o direito de errar. O DEVER dele é não errar, mas é humanamente impossível.


Enfim pessoal, parabéns a LDU por essa conquista.


Ps2: Qual a marca de material esportivo que todo tricolor odeia ?

"Pênalti" !






Ps3: Quem foi que disse que o Fluminense não vai ao Mundial ?



Ps4: Não to aguentando mais zoar os tricolores, mas quando o Flamengo perdeu do América-Mex, todos vieram com gracinhas, não só os tricolores, mas principalmente aqueles que mais têm inveja do mengão, e se dizer os "maiores rivais" do time na atualidade, só por causa das 2 finais de campeonato estadual. Estou falando é claro da turminha do Bostafogo, um time cuja história se resume a 1 comebol ( noooooossa!), um brasileiro ( teve erro de arbitragem nesse jogo bando de chorões?) e uma Teresa Herrera, que todo botafoguense fala, mas quase nenhum viu.
Vamos dar sequencia ao post com as notícias do dia:
POLÍTICA
Colômbia: Libertadores entregam mulher desesperada. Brasil: Mulheres desesperadas entregam Libertadores.
VIAGEM: Flu já faz as malas. Cada um vai pra um lado.
CAOS AÉREO: Vôo para o Japão termina em Washington.
TRÁFICO: Dodô admite: cafeína é melhor que pó-de-arroz.
COMPORTAMENTO: Renato Gaúcho: "Seria ótimo a gente ter dado de quatro". TELEVISÃO: Bolaños acabou com o Flu. Chaves é vascaíno.
CULINÁRIA: Panetone Maracanã: como deixar 90.000 frutas cristalizadas.
VESTIBULAR: Aula de español. Palavras de hoje: Cabanãs, Bolaños, Vergoñas.
OBITUÁRIO: Uma semana sem Dona Ruth: Fernando Henrique continua chorando. PROPAGANDA: O melhor plano de saúde é viver sonhando.
O SEGUNDO é a Unimed.


Brincadeiras à parte, vamos ver se o Flu se recupera. Time eles tem, vamos ver se o lado psicológico vai estar abalado.


Forte abraço a todos !